VOLTAR

,

11.11.2016

Postado por Letícia Carolinne

Lavando as mãos no Mineirão

Brasil 3×0 Argentina – Eliminatórias da Copa do Mundo Rússia 2018

Um jogo pra todos os jogadores canarinhos saírem de alma limpa, entregues e curtirem de maneira gostosa os gritos dos torcedores dentro do Mineirão. Desde “o campeão voltou”, “Olé” até agradecimentos com gritos de “Tite”.

Foi lindo apreciar o retorno de uma certa confiança na seleção e, principalmente, o retorno do carisma do torcedor. Nós, ainda detentores de 5 mundiais e tantos outros incontáveis títulos, precisávamos extravasar. E sinceramente, nem o menos modesto torcedor brasileiro esperava tamanho banho de bola contra os hermanos.

Lucas Figueiredo

Lucas Figueiredo

Neymar mais uma vez mostra que não é sombra de Messi, ele tem o seu valor individual e queiram ou não, é a estrela. Ele jogou bem, sem brigar e sem fazer bagunça, jogou como o Neymar do Santos e do Barça. Os argentinos tentaram de todo jeito tirá-lo do jogo, mas não teve como, ele foi pra cima e estragou a zaga adversária.

De modo geral, nossos garotos jogaram bonito, teve direito a golaço de Coutinho e até à corridinha do Tite no terceiro gol, de Paulinho. Esse, que certamente é aposta do nosso treinador e vem respondendo bem à confiança depositada.

Falando em Tite, como não agradecê-lo por lotar o povo de esperanças? Sabíamos das capacidades individuais de cada convocado, mas pouco havíamos visto deles com a camisa do Brasil. E Tite escancarou não só os talentos individuais como também o quão fortes são em grupo, como time, como os brasucas. Um início de trabalho que reforça que precisávamos de um treinador estudioso e destemido pra assumir a seleção, e hoje nós temos. Toda a euforia sobre ele só vem sendo mais válida a cada jogo. Nós apequenamos Messi, Di Maria, Agüero e assistimos o Brasil mandar dentro do seu território. Obrigada por isso, Agenor, nosso agora íntimo Tite.

Getty

Getty

Parabéns pela festa dos mineiros, que com o mosaico e estádio cheio foram de incentivo constante. Parabéns também pelo carisma dos jogadores, entregues ao carinho das arquibancadas e também por estarmos, a passos lentos, encontrando aquele amor do Brasil por sua Seleção; aquele mesmo que nos unia no passado nas casas de familiares e vizinhos, só pra assistir um Brasil bem representado.

Segura a responsa garotada, confiamos em vocês. E continue assim Tite, seu início de trabalho traz brilho aos meus e aos muitos olhos dos brasileiros que assistem seu Brasil jogar!

 

Ler mais da Letícia Carolinne

Ler mais da Seleção Brasileira

A Bola que Pariu