VOLTAR

,

12.06.2017

Postado por Colaboradoras

Barrados no Barradão

Vitória 2×0 Atlético – R06 Campeonato Brasileiro 2017

Tudo bem que estamos cansados de pontinho. Mas voltar de Salvador sem nenhum pontinho sequer contra o Vitória foi chato demais. As quatro derrotas consecutivas do time baiano anunciavam que o rubro-negro não vinha jogando um futebol brilhante, mas quem pisou na bola nesse domingo foi o Galo – desfalcado e desfocado.

bruno cantini1

No primeiro tempo tivemos alguns chutes descalibrados de Valdívia e algumas chegadas não perigosas do lado baiano da força (que acabaram se tornando perigosas por conta da enrolação da defesa atleticana). O Vitória tentava fazer pressão, mas se embolava na falta de habilidade.

Nesse jogo meio sem “tônus”, o primeiro gol só poderia ter saído de um “acidente” (um puxão de camisa intencional, na verdade, de Erazo em Kieza). Aos 19 minutos, Kieza abria o placar para os rubro-negros.

E aí o Galo deixou o Vitória sonhar. Aos 26 minutos David acertou uma bomba nas mãos de Victor. Como o Atlético não oferecia muito perigo, David e Kieza deitavam e rolavam, embora às vezes, também se enrolassem.

bruno cantini2

O Atlético voltou para o segundo tempo com Ralph no lugar de Yago. Otero entrou aos 13 minutos no lugar de Valdivia para operar o milagre da bola parada, mas sem sucesso. Fred ajeita, ajeita e acerta o lugar mais difícil do gol, na quina da trave, à sua direita. Infelizmente, foi Neilton quem achou espaço em meio à defesa atleticana (convenhamos, não precisava procurar muito) e acertou o gol aos 19 minutos. Capixaba entrou aos 21 minutos no lugar de Marlone, mas no meio da total falta de entrosamento do time, suas tentativas solo tampouco levavam a torcida a acreditar em uma virada.

Nesse jogo constrangedor no Barradão, a homenagem ao recém falecido diretor de futebol Eduardo Maluf na camisa dos jogadores não teve o esplendor esperado.

bruno cantini3

Contudo, lembremos que o técnico Roger não pôde contar com nove jogadores para esse jogo: Alex Silva (que foi cortado por bronquite já em Salvador); Marcos Rocha, Adílson, Leo Silva, Luan, Carlos César e Gabriel no departamento médico; Fábio Santos suspenso e Cazares liberado para a Seleção do Equador. Confere, produção?

Mas dias melhores virão e esperamos o retorno do Galo forte e brigador (deixemos a vingança para quem gosta de guardar rancor) para escalar essa tabela de início de campeonato até o topo!

 

Fotos de Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

Por Marina de Mattos Dantas

Ler mais do Atlético Mineiro

Ler mais do Campeonato Brasileiro

A Bola que Pariu