VOLTAR

,

23.10.2017

Postado por Camila Souza

Mais uma vez, decepção

Grêmio 1 x 3 Palmeiras – R30 Campeonato Brasileiro 2017

Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Lucas Uebel/Grêmio FBPA

É bem difícil não ser amarga depois de assistir ao que assistimos nesta tarde de domingo. O Grêmio mais uma vez decepcionou, não que eu estivesse esperando muita coisa do time que entrou em campo, mas fui surpreendida e não de uma maneira boa.

Quando olho a escalação e a primeira reação que tenho é a de sentir falta do Bressan, já sei que boa coisa não vem. Um time bem mais ou menos no papel foi horrível em campo. Minha única alegria da tarde foi não ver o Edílson jogando. Léo Moura está longe de me satisfazer, mas está há anos luz melhor que o titular. Já não posso dizer o mesmo do outro lado do campo, parece que Marcelo Oliveira está cada vez pior e toda vez que entra em campo é uma decepção diferente. Se já não bastasse a ruindade absurda na lateral, nessa tarde acompanhamos a desgraça na zaga também, coincidência ou não, os três gols vieram depois dessa fatídica escolha do Renato. Não tem como esperar qualquer resultado diferente quando se termina uma partida com Marcelo Oliveira na zaga e com a braçadeira de capitão, é praticamente uma afronta aos deuses do futebol uma coisa dessas!

Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Esse jogo não me preocuparia tanto para quarta-feira não fosse esse resultado ter passado pelas más escolhas de Renato – ir para o jogo sem nenhum zagueiro reserva, insistir em Arroyo e Jael (que até agora não mostraram a que vieram, aliás, não mostraram como pode ter se tornado jogadores de futebol profissionais), escalar dois volantes que não tem característica de sair pro jogo e ter esquecido completamente de Patrick e Jean Pyerre, que sempre entraram bem. Enfim, uma série de erros que me preocupam pro jogo de quarta. Quando olho para trás e vejo que os acertos do Renato esse ano se deram quase todos por “sorte”, como por causa de alguma lesão, não tenho confiança de que na hora em que for preciso ele vá preterir algum dos bruxos a quem realmente pode fazer alguma diferença.

Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Lucas Uebel/Grêmio FBPA

O ano do Grêmio depende das próximas duas quartas-feiras, elas definirão se 2017 é um ano para ser lembrado ou apagado totalmente da nossa memória. Se futebol fosse um esporte justo, pelo futebol que o Grêmio vem apresentando atualmente não mereceríamos ir a essa final. Mas, felizmente ou infelizmente, sabemos bem que justo é uma coisa que esse esporte não é. Em um ano em que o time foi de eliminado do Gauchão a melhor time do Grêmio dos últimos anos, em uma temporada de altos e baixos como não víamos há muito tempo, se tem uma coisa que pode me fazer relevar os erros de Renato e da direção é passar à final da Libertadores. É só isso que importa agora.

Leia aqui a versão palmeirense da partida

Ler mais da Camila Souza

Ler mais do Grêmio

Ler mais do Campeonato Brasileiro

A Bola que Pariu