VOLTAR

,

07.11.2017

Postado por Colaboradoras

O sentimento é de frustração

Luverdense 2 x 2 Internacional – R34 Campeonato Brasileiro 2017 Série B

O sentimento é de frustração. A reta final do campeonato vem se mostrando um verdadeiro filme de terror para a torcida do Internacional, visto que a equipe sofre muito com as ausências, seja por lesão ou cumprimento de suspensão. Quem entra não consegue manter um nível técnico aceitável, ocasionando falhas que comprometem o desempenho do time. Tirando raras exceções, quem ingressa geralmente compromete.

ricardo duarte 2

O jogo válido pela 34°rodada da Série B entre Internacional e Luverdense exemplifica o fato citado. O time da casa abriu o placar aos 55 segundos de jogo, Ardelan arranca pela direita e cruza, Léo Ortiz tenta cortar e falha, a bola acaba sobrando para Alfredo, que desloca o goleiro Danilo Fernandes e estufa as redes.

A partir do gol o Internacional foi ao ataque, logo aos 2 minutos D’Alessandro cobra escanteio na cabeça de Damião, o goleiro Diogo Silva faz grande defesa. Pottker acerta a trave em mais um cruzamento feito pelo capitão D’Alessandro. O time adversário continuou levando perigo à meta de Danilo Fernandes, aos 29 minutos Marcos Aurélio (ex-Inter) aciona Ratão, que solta um chute forte e obriga o goleiro do Internacional a fazer uma grande defesa, no rebote, Alfredo, sem goleiro, cabeceia para fora. Para sorte do colorado.

O Internacional construiu seu gol a partir da inversão dos dois extremas, Pottker, agora pelo lado esquerdo, faz um cruzamento sob medida para Leandro Damião, que manda para o fundo das redes e empata a partida aos 33 minutos da primeira etapa. No final do primeiro tempo o Internacional quase virou a partida depois que D’Alessandro, outra vez em uma cobrança de escanteio, cruza para área e Ardelan, jogador do Luverdense, quase marca um golaço contra, mas o goleiro Diogo Silva faz uma defesa fantástica.

Começa o segundo tempo da partida e logo nos primeiros segundos D’Alessandro encontra Pottker dentro área, mas o atacante colorado erra o tempo da bola e Diogo Silva faz uma defesa tranquila. E o castigo pelo gol perdido veio na velocidade da luz e com direito à Lei do Ex – Paulinho, aos 2 minutos, cruza da esquerda e o sistema defensivo do Internacional afasta mal, Douglas Baggio, sem marcação, encontra Marcos Aurélio, que tem toda a liberdade para ajeitar a bola e chutar sem chances para o goleiro colorado.

Novamente atrás do placar o Internacional não demorou a empatar a partida, aos 6 minutos Winck cruza rasteiro, Uendel chuta encima da defesa e no rebote Leandro Damião, que estava prestes a ser substituído por conta de uma lesão, manda para gol sem chances para o goleiro adversário.

ricardo duarte 1a

A partir do 2×2 entre as equipes o jogo ficou totalmente em aberto, ambos tiveram boas chances para virar a partida, mas acabaram esbarrando nas boas defesas dos arqueiros Danilo Fernandes e Diogo Silva. Final de jogo e empate com gosto de derrota.

Adendo: Os maus resultados dos últimos jogos também são de responsabilidade do departamento de futebol. Há anos a torcida colorada pede pela profissionalização do clube nessa área que é a razão de ser da instituição. Não há apoio da torcida que resista a má gestão e o ano de 2016 está aí para provar.

#NadaVaiNosSeparar #ClubeDoPovo

 

Por Luana Ortiz

Fotos de Ricardo Duarte

Ler mais do Internacional

Ler mais do Campeonato Brasileiro – Série B

A Bola que Pariu