VOLTAR

,

22.01.2018

Postado por Marina de Mattos Dantas

Habemus ataque

Atlético 3 x 0 Democrata-GV – R02 Campeonato Mineiro 2018

E o ano começou bem para o Atlético. Depois do empate sem gols dos reservas no jogo de quinta, contra o organizado time do BOA, em Varginha, aguardávamos que o Galo estreasse “de verdade” no Horto. A saudade era grande, a expectativa com as estreias também e a casa estava cheia para comemorar o retorno do time e o aniversário do goleiro Victor.

_FEL5485

Comemoração em grande estilo, em um jogo para animar a massa. A falta de costume era tanta com a agilidade no ataque que, aos 18 minutos do primeiro tempo, parecíamos já ter chegado aos 40 do segundo, com os três gols marcados. Entre os dois gols convertidos pelo veterano Elias tivemos o do estreante Róger Guedes.

Sobre as estreias, podemos dizer que foram animadoras. Se na quinta vimos um meio de campo que, a espelho do ano passado, não chegava ao seu objetivo final com muita facilidade, no Independência vimos nesse time um potencial ofensivo bem mais veloz, ainda que careça de mais entrosamento. Tudo normal para um início de temporada.

_FEL5572 (2)

Arouca foi muito bem em seu primeiro jogo e demonstrou merecer o voto de confiança da torcida. Róger Guedes também teve um bom começo, embora, não raramente, tenha ficado “forever alone” em campo – bem posicionado, mas pouco lembrado pelos coleguinhas. Ricardo Oliveira e o restante do time precisam se conhecer melhor. Mas nada a temer, foram ótimos primeiros encontros.

Certamente, o Democrata-GV não é o maior dos desafios para o Atlético nesse Campeonato Mineiro. E é verdade que vimos um segundo tempo bem mais morno e confuso que a etapa inicial. Mas relembramos o que é um ataque, função tão esquecida no time do ano passado, a despeito dos lampejos de brilhantismos esporádicos de genialidade de alguns de seus componentes ou de estrelas falecidas.

_FEL5552 (2)

Já foi possível perceber que nos livramos dos encostos que assombravam o Horto. Que esse Galo possa despertar a sua potencialidade e ressurgir das cinzas de um ano confuso como o passado. Esperamos (ou ao menos eu espero) um Galo com menos estrelismo e mais brilho em 2018.

Feliz Galo Novo!

 

Fotos de Araceli Souza (Instagram @aracelirubia)

Ler mais da Marina de Mattos Dantas

Ler mais do Atlético Mineiro

Ler mais do Campeonato Mineiro

A Bola que Pariu