VOLTAR

,

23.01.2018

Postado por Roberta Pereira da Silva

Que venha 2018!

Crédito: Leonardo Rocha

Crédito: Leonardo Rocha

Estamos no 23º dia do ano e depois de muito sol na moleira e um mar azul aos meus pés, estou de volta a estas linhas ludopédicas. Sinceramente, o que mais desejo são que meus dedos acompanhem o turbilhão de pensamentos que já não me deixam descansar. O ano de 2018 será no mínimo corrido, o Campeonato Paulista foi antecipado, em algumas semanas começa o Carnaval, no meio do ano Copa do Mundo da FIFA e como se não bastassem tantas atividades, teremos eleições presidenciais. Algumas das “atividades” listadas têm mais a minha atenção do que deveriam, não consigo evitá-las e vira e mexe perturbam meu sono.

Bem, como este texto está no mínimo com vinte dias de atraso, terei a tarefa de resumir um tiquinho os acontecimentos até agora ocorridos no Leão do Mar. Começamos muito bem a Copa São Paulo ou, como preferirem, a “Copinha”, nos classificamos em primeiro lugar no grupo. Mantivemos o bom desempenho contra o Figueirense e depois contra o Atlético Paranaense. É, mas campeonato mata-mata é assim, 90 minutos são o bastante para a eliminação, o Internacional estava inspiradíssimo e perdemos a partida das quartas de final por largos 4×0.

Apesar do ótimo desempenho do futebol feminino santista no ano de 2017, sempre é uma incógnita se teremos a categoria ou não. Pois bem, 2018 começa com uma notícia no mínimo sensacional: Emily Lima é a nova técnica da equipe. No masculino, fomos brindadxs com o aceite de Jair Ventura. E sabe aquele comentarista da Rede Globo, aquele ex-jogador identificado com o time do Parque São Jorge? Sim, Willian Machado foi contratado como gerente de futebol, cornetas a postos.

Emily Lima assina com o Santos

Divulgação / SFC

Quanto às contratações para o time masculino, o discurso da “nova” diretoria, recém empossada, não apresenta novidades, o caixa está baixo, não temos recursos, etc e etc. O Santos acenava ao Robinho, mas apresentava ressalvas já que, além do alto salário, parte da torcida não era favorável à sua presença por motivos diversos que vão desde o falso “amor” pelo clube até a condenação por estupro. Ontem, recebemos a notícia de que o atleta fechou com um clube da Turquia, reflexo do quanto têm ressoado as vozes femininas-feministas e que machistas definitivamente não passarão. A novela mexicana do canal 4, “Gabigol”, continua e, apesar do empréstimo ter sido concretizado com a Inter, ainda há impasses quanto ao time Português. Discutir salário de jogador merece um texto inteiro, portanto não vou entrar no mérito, somente informar que o Santos pagará à Inter 1 milhão de euros pelo empréstimo de 1 ano, mais 50 mil reais (simbólicos) como ajuda de custo ao jogador e a Inter pagará 500 mil euros por mês. Dividindo o montante por 12, o salário mensal do atacante será de 1 milhão de reais por mês. Além de Sasha, não tivemos mais nenhuma contratação.

Quanto às rodadas do Campeonato Paulista, estreamos com vitória de 3×0 sob o Linense com gols de Arthur Gomes e Rodrigão, destaque da partida. Sem ilusões, galera, Rodrigão não possui características para ser jogador titular do Santos.

Crédito: Ivan Storti / SFC

Crédito: Ivan Storti / SFC

Ontem foi nosso primeiro jogo na Vila Belmiro, bom público presente, e fomos derrotados pela apatia, sono e dependência de Bruno Henrique, afastado por uma lesão na retina, é possível que retorne no jogo de 28 de janeiro. O meio de campo é fraquíssimo, todo louvor ao Renatinho, mas é urgente a contratação de um meia armador. A defesa se mostrou segura, mas a atuação dos laterais precisa melhorar. Destaque da partida para Arthur Gomes, que desde a primeira rodada se mostrou renovado, vamos que vamos, Arthur, junto com Bruno Henrique e Gabigol este ataque vai dar o que falar. Rodrygo, revelação da base, entrou no segundo tempo, mas não pôde fazer muito.

Crédito: Ivan Storti / SFC

Crédito: Ivan Storti / SFC

Para não dizer que não falei da arbitragem, ou se profissionaliza esta “bagaça” ou ficaremos a mercê de amadores. Não sou favorável a vídeo árbitro, que fique bem evidente, sou sim favorável à profissionalização. Ontem tivemos um tento legítimo anulado, um impedimento mal marcado, faltas não dadas em chances claras de gol. Placar final de 1×0 para o Bragantino. Próxima rodada será contra a Ponte Preta, fora de casa.

 

Ler mais da Roberta Pereira da Silva

Ler mais do Santos

Ler mais do Campeonato Paulista

A Bola que Pariu