VOLTAR

Contra-Ataque,

14.04.2018

Postado por Colaboradoras

Pra (literalmente) chutar o preconceito – II Champions Ligay

Porto Alegre recebe nos dias 14 e 15 de abril a segunda edição da Champions Ligay – torneio de futebol society organizada pela LGNF – Ligay Nacional de Futebol – que contará com a participação de 260 atletas em 12 equipes. É o maior evento esportivo LGBT da América Latina!

logo champions

O objetivo do evento é promover, através do esporte, a inclusão no sentido mais amplo da palavra: o sorteio das chaves, ocorrido no dia 24 de março, teve transmissão pela internet com tradução em Libras feita pela drag queen Rita D’Libra. Ela também estará nas cerimônias de abertura e encerramento do torneio. Além disso, a Champions Ligay pretende estimular a criação de times LGBTQ em todo o país e, ainda, ser um termômetro para o World Gay Games, que acontece no mês de agosto, em Paris (França).  Os jogos da diversidade ocorrem de quatro em quatro anos e a ideia é que a equipe gaúcha Magia Sport Club, anfitriã do torneio, seja uma das representantes do país na modalidade. Para que isso ocorra, o time busca patrocinadores.

A escolha de Porto Alegre como sede do torneio não foi por acaso: a ideia é acabar com a fama de povo preconceituoso e machista que (ainda) existe. O campeonato conta com apoio do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, da Prefeitura Municipal e da Federação de Soccer Society do Rio Grande do Sul (FSSRS), que reforça sua posição de resgatar o verdadeiro espírito esportivo de integração, amizade e competitividade e fornecerá suporte técnico e institucional para a competição.

O torneio deve injetar mais de R$ 350 mil reais na economia local. Deste valor, cerca de R$ 100 mil só na organização do evento.

Os jogos:

A cerimônia de abertura ocorre às 12h do sábado, dia 14 de abril. Os jogos terão início às 13h.

No primeiro dia do torneio, todas as equipes se enfrentam entre si. As duas melhores colocadas em cada chave se enfrentam no domingo, nas etapas semi e final.  No intervalo entre as partidas, haverão shows e apresentações de drag queens, cheers leaders e escola de samba. Além disso, food trucks estarão disponíveis para os torcedores que visitarem o Complexo Esportivo Soccer City (Rua Lauro Müller, 700 – Navegantes). No domingo, os jogos serão disputados no estilo mata-mata e começam às 11h. O ingresso? 1kg de alimento não perecível ou um agasalho para doação <3

E quem não está em Porto Alegre também pode assistir a Champions Ligay: o evento será transmitido pelo Facebook, na página da LGNF.

Confira os grupos e jogos de sábado:

grupos champion

Grupo-A-confrontos

Grupo-B-confrontos

Grupo-C-confrontos

Equipes Participantes:

Magia Sport Club (RS) –  equipe anfitriã –  fundado em março de 2005, o time surgiu com o objetivo de disputar partidas de futebol em um ambiente de descontração e brincadeiras, sem cobranças por resultados. As cores da equipe – azul, vermelho e branco – homenageiam a dupla GreNal e para participar dos jogos a exigência do grupo é o respeito mútuo e disposição para confraternizar, independentemente da orientação. Em 2017, a equipe participou da fundação da LGNF – LiGay Nacional de Futebol, e obteve o 4º lugar na Champions LiGay. Na segunda edição do torneio, o Magia foi escolhido como equipe anfitriã e é responsável pela organização do torneio na capital gaúcha.

Afronte FC (SP) –  fundado em fevereiro de 2017, o Afronte começou com jogos para o público LGBT. O empenho dos integrantes fez com que o time se organizasse e começasse a participar de campeonatos.

Alligaytors (RJ) – fundado em outubro de 2017, a equipe do bairro Madureira, na zona norte carioca, é formada na maioria por homens, mas uma jovem lésbica também marca presença nos treinos. Homens heterossexuais podem fazer parte do time! Para isso, foi criado o projeto “Adote um Hétero”, onde qualquer jogador pode levar um amigo hétero para jogar com o time uma vez. A proposta é ser um clube inclusivo e livre de preconceitos.

BeesCats (RJ) – fundando em maio de 2017, é o primeiro time gay de futebol do Rio de Janeiro e o único a integrar a Liga Carioca de Futebol Society. A equipe participa de torneios contra equipes LGBT e contra héteros também. O time foi campeão da Taça Hornet da Diversidade 2017, vice-campeão invicto da primeira Champions Ligay 2018 – nos dois torneios garantiu o melhor ataque, melhor defesa e artilheiro – e 3° lugar na Copa São Sebastião 2018.

Bharbixas (MG) – fundado em 2017, a equipe surgiu quando um dos seus atletas, apaixonado por futebol, descobriu que em vários estados do Brasil surgiam equipes LGBT. Mas foi na Parada do Orgulho LGBT+ que o time foi conhecido pelo grande público. O Bharbixas é o campeão da 1ª Champions LiGay, que aconteceu no Rio de Janeiro.

Bravus (DF) – fundado em agosto de 2017, na capital federal, o Bravus surgiu de um encontro que tinha como finalidade a inclusão do homem gay no esporte. Como muitos atletas competiam em torneios hétero, o grupo decidiu se organizar e participar de torneios.

Bulls Football (SP) – fundado em fevereiro de 2017, o Bulls busca levar a inclusão social por meio do esporte. Em menos de um ano a equipe já conquistou o Torneio da Diversidade de São Paulo e a Champions Alliance de Curitiba.

Capivara Futebol Clube (PR) – fundado em novembro de 2016, o time, apesar de ser conhecido e respeitado como um time gay, não se intitula apenas como tal. O clube preza pela participação de todos que queiram jogar, independente de orientação sexual, gênero ou porte físico. Um dos mais importantes campeonatos em que o time atuou foi a 1ª Taça Hornet de Futebol da Diversidade, realizado em São Paulo.

Futeboys (SP) – fundado em setembro de 2015, surgiu quando um dos jogadores mais antigos da equipe foi convidado para jogar uma partida com seus colegas de trabalho. Essa partida comum despertou nele o desejo de que aquilo pudesse se repetir entre os seus próprios amigos, homens gays como ele.

Pampa Cats (RS)  – fundado em 10 de agosto de 2017, a equipe já tem em seu currículo 40 jogos e teve sua estreia em torneios em janeiro deste ano, na 1ª Copa Sul Gay de Futebol, na cidade de São José/SC. Além do futebol society, há também um time de vôlei e as equipes PampaRun (corrida) e o Pampahand (Handebol).

Sereyos Sport Club (SC) – fundado em 2017 com o objetivo dos jogadores se divertirem, a equipe participou da 1ª Champions LiGay. Em janeiro deste ano, o time foi vice campeão da 1ª Copa Sul Gay do Brasil, realizada em Florianópolis. Em 2018, o Sereyos expandirá o número de esportes e contará com o Sereyos Funcional, Sereyos Run e Sereyos Vôlei.

Unicorns (SP) – fundado em abril de 2015, o mais antigo time de futebol para público LGBT em São Paulo também participou da 1ª Champions Ligay. Com o sucesso do time de futebol, se tornou uma equipe poliesportiva e hoje conta também com grupo de corrida.

Por Soraya Bertoncello

A Bola que Pariu