VOLTAR

,

22.04.2018

Postado por Mariana Moretti

Canção dos exilados

São Paulo 0 x 0 Ceará – R02 Campeonato Brasileiro 2018

No meu time não tem palmeiras,
Muito menos peixe a nadar;
As aves, que lá gorjeiam,
De gavião, só ouço falar.

Nosso brasão tem mais estrelas,
Isso não dá pra contestar,
Mas o futebol que um dia vimos,
Ah, este está a faltar!

No domingo, sozinha, à tarde,
Everton eu vi estrear;
Meu time tem estrela,
Mas tá difícil de ver brilhar.

Cueva és mi hermano,
ArboLENDA, esse sim dá pra confiar;
Tréllez e Liziero, teu jogo fico a aguardar!
Será que é Diego Aguirre;
Ou o español do professor a ensinar,
Que não dá pra entender, e o jogador fica só a contemplar?

Não permita Deus que eu morra,
Sem a Libertadores voltar;
Copa do Brasil, Tricolor,
Vamos deixar pra lá;
Torço qu’inda cresça no Brasileiro,
Porque meu São Paulo muito amor me dá…!

Rubens Chiri/saopaulofc.net

Rubens Chiri/saopaulofc.net

Nós, torcedoras, jamais no exílio!

Poema original “Canção do Exílio” de autoria de Gonçalves Dias.

 

Ler mais da Mariana Moretti

Ler mais do SPFC

Ler mais do Campeonato Brasileiro

A Bola que Pariu